Iniciativa da UNIDEAU traz para Getúlio Vargas e região Estação Meteorológica Automática | IDEAU Getúlio Vargas
Centro de Especialidades Odontológicas
Hospital Veterinário
Laboratório de Solos
Vestibular
INSTITUTO DE DESENVOLVIMENTO EDUCACIONAL DO ALTO URUGUAI
CENTRO UNIVERSITÁRIO IDEAU

Você está em

08/08/2020
Centro Universitário

Iniciativa da UNIDEAU traz para Getúlio Vargas e região Estação Meteorológica Automática

O município de Getúlio Vargas passa a contar com uma Estação Meteorológica Automática. A iniciativa, que também irá beneficiar a região, é uma iniciativa do Centro Universitário IDEAU (UNIDEAU), em parceria com a Secretaria da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural do Estado do Rio Grande do Sul através do Sistema de Monitoramento e Alertas Agroclimáticos para o estado (SIMAGRO-RS), apoiada pelo Governo Municipal de Getúlio Vargas, pelo Sindicato Rural de Getúlio Vargas, Emater/ASCAR-RS e pela Associação dos Engenheiros Agrônomos de Getúlio Vargas.

A estação meteorológica está localizada Fazenda Escola da UNIDEAU – campus III, na Linha Gramado e foi instalada na última quarta-feira, dia 05 de agosto. Na oportunidade, estiveram presentes o meteorologista Flávio Varone que é responsável pelo projeto SIMAGRO-RS, o Sr. Oscar Barro, diretor financeiro da UNIDEAU e o coordenador do curso de Agronomia da UNIDEAU, professor Ronaldo B. Meireles, que ressaltou a importância dessa conquista cuja mobilização teve início ainda em 2015, “Este projeto baseia-se na necessidade do profissional em agronomia e produtores rurais terem informações prévias através de dados acumulados historicamente, além de dados em tempo real para a tomada de decisão que adotará no manejo de lavouras”, comenta Meireles.

Por meio da iniciativa, Getúlio Vargas e região serão beneficiadas em diversos segmentos. Na agricultura, por exemplo, além de conhecer a disponibilidade e necessidade hídrica para as culturas, permite conhecer localmente os dados climáticos em tempo real para tomada de decisão no uso correto e seguro de defensivos agrícolas, na fruticultura possibilita conhecer e analisar o acúmulo de horas de frio, somas térmicas, na pecuária serve para dimensionar projetos que visem conforto térmico para os animais, para a sociedade local em geral, poderá ser consultado informações como temperatura máxima, temperatura mínima, sensação térmica, precipitação entre outros.

Comentários