Centro de Especialidades Odontológicas
Hospital Veterinário
Laboratório de Solos
Vestibular
INSTITUTO DE DESENVOLVIMENTO EDUCACIONAL DO ALTO URUGUAI
FACULDADE IDEAU DE GETÚLIO VARGAS

Você está em

07/08/2019
Projetos

IDEAU inicia projeto Dona, que atende mulheres vítimas de violência

O curso de Psicologia da Faculdade IDEAU de Getúlio Vargas inaugurou nesta quarta-feira (07) o projeto Dona, que visa oferecer por meio de grupo de apoio, estratégias de empoderamento e fortalecimento de mulheres que são vítimas de violência.  A data de implantação coincide com o aniversário de 13 anos de vigência da lei Maria da Penha.

Uma pesquisa realizada pelo DataSenado (instituto oficial de pesquisas do Senado Federal) em junho de 2017, revelou o aumento no número de mulheres que declaram ter sofrido algum tipo de violência doméstica: o percentual passou de 18%, em 2015, para 29%, em 2017. A pesquisa também mostrou que em 71% das mulheres entrevistadas relatam conhecer alguma mulher que já sofreu violência doméstica ou familiar praticada por um homem.

Diante deste cenário a elaboração do projeto leva em consideração o aumento estatístico de registros de violência contra a mulher no Brasil e a importância de aproximar teoria e práticas aos estudantes do curso de Psicologia, fomentando uma formação pautada em ações vivenciais. A proposta é articulada de maneira que o curso de Direito também esteja integrado nas ações desenvolvidas.

Os acadêmicos irão atuar sendo supervisionados pelos professores, entre as atividades buscar-se-á: orientações às participantes quanto ao conhecimento dos seus direitos; facilitar o fortalecimento dos vínculos familiares, o autoconhecimento e a liberdade de expressão; encaminhar, quando necessário, as usuárias do grupo aos diversos serviços da rede de apoio governamental e comunitários; favorecer trocas de experiências.

O nome do projeto está diretamente ligado ao seu propósito, como explica a coordenadora do curso de Psicologia, professora Jordana Calcing, “Esse grupo será aberto à comunidade e terá como foco o empoderamento feminino a fim de que essas mulheres possam se tornar DONAS das suas vidas e protagonistas das suas histórias. Por isso, é muito importante oferecer um espaço que possibilite as mulheres pensarem sobre suas escolhas e sobre o impacto delas ao longa da sua trajetória de vida” justifica.

Comentários